Tag

educação Archives - eTrauer

O que podemos aprender com a Festa do Morango em Taquaras – SC

By Comportamento, Cubo de Mercado, Eventos, Marketing, Sem categoria2 Comments

Há anos que gostaria de conhecer a Festa do Morango no distrito de Taquaras em Santa Catarina. Taquaras é um distrito do município de Rancho Queimado e fica a 72Km de Florianópolis.

Finalmente consegui um domingo em que foi possível visitar a Festa do Morango. Fui com a Alessandra buscando um passeio bucólico, sonhando com o aroma gostoso do interior  e construí uma imagem mental do que pensava – e esperava encontrar:

Uma praça bonita e florida com guloseimas típicas das cidades do interior a preços atraentes e condizentes com a economia local e, é claro, muitos morangos bonitos e várias combinações gastronômicas envolvendo os morangos. A imagem da minha infância estava viva e seguimos rumo a Taquaras.

A estrada após Rancho Queimado não estava das melhores, mas curtimos durante todo o trajeto e já estava salivando pelos morangos que iria encontrar. Na programação da festa eu vi que haveria churrasco no almoço … hmmmmm … churrasco no interior. Rancho Queimado é conhecido por possuir açougues com carnes deliciosas e com preços em conta. Não conseguia imaginar nada menos do que um delicioso churrasco como refeição regado a sucos de morangos bem naturais e sem adição de açúcar.

E eis que chegamos … a Taquaras.

Assim começou para nós dois a “Festa do Morango”: Nada de estacionamento, uma quantidade imensa de carros disputando um pequeno espaço no meio da lama que depois de algumas voltas a 4Km/h conseguimos encontrar um pequeno lugar para estacionar. Caminhamos no barro e mais barro ainda encontramos no local da festa que parecia ter sido invadido por um lodaçal. O sonho começou a ruir com o acúmulo de barro nos calçados.

As barraquinhas com guloseimas gostosas também não estavam lá, tudo com cara de industrializado e preços elevados, tais quais em Florianópolis (que diga-se de passagem, é uma das cidades mais caras do Brasil). Era hora do almoço e sugeri almoçarmos no Restaurante Galpão Tropeiro. Eu tinha boa lembrança de um momento em que havia almoçado com meus Amigos lá há alguns anos e era uma comida caseira em conta e muito gostosa. Escolhemos uma mesa e sentamos. Pedimos suco de morango e eis que o garçom responde: Servimos sucos durante todo o ano, exceto na Festa do Morango. Temos só refrigerantes, água e cerveja.

Como assim?? Só na Festa do Morango que não tem suco … de morango?!?

Fomos nos servir e os alimentos pareciam mais um grande mexido feito de sobras com carne que não era de primeira e estava muito seca e insossa. Tudo muito seco mesmo, o que tornou ainda mais caro perante o que foi cobrado. Dissonância cognitiva total. Desculpa Alessandra por ter te convencido a almoçarmos neste restaurante.

Um verdadeiro banho de água fria em nossas expectativas. A ganância chegou ao interior e os proprietários aprenderam fácil a “esfaquear” os visitantes para lucrar o máximo durante os períodos de festas. É como Florianópolis começou a fazer na áurea época em que os argentinos vinham veranear em suas praias e que as pessoas faziam de tudo para lucrar na temporada “assaltando” nos preços dos bens, produtos e serviços (que não eram condizentes com o valor cobrado).

Um verdadeiro absurdo e é esta a imagem que fica na memória e na DESindicação.

Quanto aos morangos, outra situação que merece reflexão: Na mesa ao lado em que eram expostos os morangos vencedores do concurso, os maiores e mais bonitos (um deles pesava 60g!) estavam as caixas de morangos para a venda, com visual bem oposto ao dos vencedores, mas bem oposto mesmo, deixando a pergunta na “ponta da lingua”: Perguntei quanto estava a caixa de morangos (os vencedores) e a resposta foi: “estes não estão a venda, os que estão a venda são aqueles ali…”, sim, aqueles não tão vermelhos e Bem Menores, mas com preços de Florianópolis.

Meus amigos, este texto não é uma reclamação, é uma crítica construtiva e mercadológica. Não é preciso muito para organizar uma Festa do Morango em Taquaras e não escrevo assim como uma forma pejorativa, muito antes pelo contrário. Se o tempo está – e estava – para chuva, o caminho para as pessoas poderia ser calçado com brita, cacos de tijolos e até mesmo serragem. Sendo o custo de vida mais baixo e as matérias primas mais em conta, não forcem os preços para cima. Não coloquem comida de terceira sendo vendida por valores de primeira só porque é festa e porque as pessoas precisam almoçar e não possuem muitas opções.

Faça o simples e justo para Encantar, Surpreender e Emocionar que o público volta, comenta e enriquece a cidade!

 

VI Semana ESAGuiana

By Arte, Conhecimento, Criatividade, Educação, Marketing, ModaNo Comments

A VI Semana ESAGuiana foi um evento do Programa de Extensão da ESAG/Udesc – Curso de Administração Empresarial da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Este evento contou com mais de 70 Palestrantes e teve em sua abertura a palestra da Zuleica Medeiros com Show de Fabio Dwyer.

Foi uma organização muito desafiadora, pois contamos apenas com R$ 3.000,00 de verba para o projeto e, mesmo assim, totalmente “truncada” em suas disfunções burocráticas.

Um dos maiores eventos da ESAG que integrou palestrantes renomados internacionalmente e Palestras e Workshops que envolveram lado a lado o conhecimento e a arte.

Coordenação: Eduardo Trauer

KISS 40th Anniversary World Tour | Florianópolis SC – Brasil

By Arte, Educação, Kiss, Rock and RollNo Comments

 

 

designed by Simmons, Stanley

designed by Simmons, Stanley

 

Uma banda fenomenal, verdadeiramente Artistas do Palco dos quais sou fã desde pequeno. Junto com Back in Black do ACDC, 1984 do Van Halen e Dynasty do Kiss formam a tríade dos primeiros LP’s de vinil e a companhia ímpar no Show o tornou ainda mais espetacular.

Fiquei sabendo que Florianópolis sediaria o Show do Kiss através de um comentário do Richard Bondan, Amigo e fantástico Baterista que muito admiro. A partir deste momento, busquei informações por todos os lados para confirmar esta apresentação (que demorou a aparecer no Calendário Oficial do KISS) e avisei as pessoas que mais gosto e que sei que são verdadeiras admiradoras do KISS sobre esta novidade. Fiquei radiante contando os dias para este grande dia!

Ao mesmo tempo, ao saber que possivelmente seria no “Espaço Devassa“, bateu uma tristeza por relembrar vários episódios do passado, como: O trânsito para o local do evento totalmente sem organização, com muitos furando as filas por todos os lados, o chiqueiro do estacionamento absurdamente caro e cheio de lama em casos de chuvas, a desorganização do trânsito em todos os locais, as filas no meio da lama, as pessoas cortando as filas no meio da lama, o amontoado de gente em local fedendo a urina, o tumulto na saída onde vira tudo uma terra sem lei, e assim, por diante em uma verdadeira DEVASSA de DESRESPEITO aos CLIENTES. Torcia para que a procura fosse muito grande e que este Show fosse transferido para um Estádio onde – pelo menos – o espaço seria mais democrático e a visão do palco melhor para todos.

Apenas a 2 minutos após a abertura das venda e já havia comprado os ingressos. A torcida para a mudança do local do show continuava.

A performance, a energia e o visual deste Show são incríveis, dignos de uma GRANDE e MEMORÁVEL apresentação.

 

Mas com todo este tempero, o que pode ter acontecido em Florianópolis – Brasil?

A resposta está na possível CAUSA de que um país chamado Brasil irá demorar muito para progredir.  A população reclama da corrupção nas altas camadas do governo, reclama dos impostos, reclama dos desvios públicos, MAS não age da mesma forma quando:

1) Furar as filas por todos os lados vira padrão de comportamento, furando pelo acostamento, pelos gramados, pela mão dupla para dar um “jeitinho brasileiro” de tirar vantagem das outras pessoas que chegaram mais cedo e que estão respeitando a sinalização e o trânsito. E ninguém é multado, e o pior, os furões entram primeiro e se gabam por isso.

2) Porque a organização do local do evento vende um local chamado de “Pista Vip” por um preço de “Vip” e sem a estrutura de “Vip”, e isso não é de hoje. Chama de “Vip” as laterais de um palco com colunas, fedendo a urina (que os próprios participantes também não estão nem aí para respeitar os bons costumes).

3) Por que não é de hoje que o estacionamento é um verdadeiro chiqueiro que se paga caro para enfiar os pés na lama, que na hora da saída é um “Deus nos Acuda” e danem-se os clientes que pagaram.

4) Que o local não tem estrutura para shows grandes, que não existe planejamento de trânsito e nem cobram-se as leis.

5) Que marginais batem no carro forçando e coagindo as pessoas a estacionarem no acostamento (o que é proibido) e cobram por isso. E a lei … ahh… a lei ….

6) Que por respeitar a fila no trânsito, o chamado “estacionamento” lota antes que você chegue e temos que se deixar o carro nos “bolsões de estacionamento com serviço de van”, que também não é de hoje, as vans somem no final e não existe ordem para a vazão de saída. Quem entrem os “espertos” primeiro.

7) Que a falta de educação vem de berço, e não adianta exigir mudanças no governo quando as atitudes corriqueiras destroem o alicerce da boa educação e do progresso.

8) Que na “Fila Vip” fomos tratados como Porcos sendo direcionados para o abatedouro, dando voltas e voltas na lama.

9) Sim, deveríamos pensar só nos momentos felizes, mas sem esta crítica, tudo fica na mesma – como sempre.

10) Que a orientação do evento, mesmo que desrespeitando a Lei, avisa que não é permitido levar câmeras fotográficas, somente celulares:
Restrições do Local:
 Não será permitido o acesso com câmeras fotográficas. Fotos poderão ser feitas via celular.

… e o que vemos são várias pessoas com câmeras dentro do evento, ou seja, quem respeita a orientação, sente-se um verdadeiro tolo. Poderíamos ter imagens interessantes para relembrar estes momentos Rock’n Roll .. só que por respeitar as orientações, a melhor imagem é a que fica na lembrança;

black

black – a imagem do show fica na lembrança porque respeitamos as orientações.

 

A Educação começa no Berço.

 

Procurei também o credenciamento como Fotógrafo (Busco sempre o constante aprimoramento na cobertura de apresentações culturais, gosto de fazê-la, estudo e aprimoro a cada apresentação e sei que – aliado ao verdadeiro Espetáculo que são os Shows do KISS – a probabilidade de render ÓTIMAS IMAGENS seria muito grande, e Ótimas Imagens falam por si só), mas Assessoria Oficial do KISS liberou OFICIALMENTE apenas 4 credenciais para Fotógrafos e recebi a Credencial  para entrar como Imprensa (eu comprei o ingresso na Pista Vip) mas sem o direito de entrar com equipamentos fotográficos. Não critico aqui a liberação para 4 Fotógrafos, mas sim o não respeito no controle e nas leis. Não existe diferença legal entre equipamentos fotográficos, ou seja, para a Lei, a câmera de um smartphone registra uma imagem tanto quanto uma câmera com tecnologia mais aprimorada para o tal, sendo todas câmeras fotográficas. Se pode uma, todas podem, #simplesassim. Informações recebidas pelo renomado Advogado e Fotógrafo José Roberto Comodo Filho, da Fototech Brasil.

Acreditei que a Lei seria para todos …. ….. e respeitei.
Ressalto que fui muito bem atendido tanto pela Hits Entretenimentos quanto pela Koi Comunicação (Assessoria responsável em Florianópolis). 

 

Sinta-se a vontade para Compartilhar.

 

Você faz uso da sua Criatividade?

By Composição Fotográfica, Conhecimento, Criatividade, Criatividade e o Olhar na Fotografia, Curso de Composição Fotográfica, Curso de Criatividade, Curso de Fotografia, Cursos, Marketing, PhotoNo Comments

A resposta para a pergunta: Você faz uso da sua criatividade? muitas vezes traz uma afirmação sufocada pela DESeducação Linear pela qual somos submetidos em nosso mundo ocidental.

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Reflexão – Captured by E.Trauer || 一期一会

Nascemos com um enorme Potencial Criativo e Perceptivo e, a partir do momento em que começamos a absorver as informações do mundo ao nosso redor, dependendo da percepção de quem convive conosco, inicia um processo de desaceleração da curiosidade que é potencializado ao frequentar as escolas, escolas estas que podem fazer uso de técnicas voltadas as respostas prontas, as fórmulas prontas, ao decorar em prol do aprender.

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Ponte D’Oro 01 – Captured by E.Trauer || 一期一会 || Série Fine Art que pode ser adquirida para a sua residência e/ou escritório

A Criatividade é uma habilidade/percepção que sempre pode ser exercitada e, como nossos músculos, quanto mais exercitada, melhor ela se torna. Pensando nestas informações e convivendo com esta realidade que surgiu – aliado à Fotografia o Curso “Criatividade e o Olhar na Fotografia”, onde em apenas 1 dia trabalhamos técnicas e exercícios que vem ao encontro do Fortalecimento da Percepção da Criatividade fazendo uso da Fotografia como Ferramenta de Aprendizagem observando a simplicidade do mundo que nos cerca todos os dias.

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Amanhecer no Parque São Jorge em Florianópolis

Neste ponto eu pergunto: Você gosta de fotografar? Qual foi a última vez que você tirou uma fotografia? sim, pode ser com o Celular – e neste curso você pode fazer com o Celular, pois a única exigência é ter um dispositivo que capte digitalmente uma fotografia. Não precisa ter nenhuma experiência com a fotografia, não precisa ter equipamentos profissionais de fotografia, basta gostar de fotografar.

Passamos esta dia dividido em 5 etapas, sendo 2 delas em saídas práticas para fotografar e as demais abordando maneiras pelas quais podemos Resgatar e Potencializar a Criatividade quem temos dentro de nós, conhecer técnicas de Composição Fotográfica que irão certamente influenciar positivamente nas Fotografias que você gosta de tirar e terminamos com uma reflexão sobre algumas das Fotografias que a turma captou durante o dia.

Em 2013 – ano do lançamento de Criatividade e o Olhar na Fotografia – tivemos 3 edições em Florianópolis e neste ano de 2014 a primeira data já está marcada: Será no sábado, 15 de março, no Recanto Champagnat – Lagoa da Conceição, um local maravilhoso e rodeado pela Mata Atlântica!

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Macaco Prego na Mata Atlântica

E tem mais: o Almoço Caseiro está incluído nesta Edição, os 2 coffee breaks estão incluídos, e o Material Didático Profissional  também está incluído no valor especial para esta Edição de Criatividade e o Olhar na Fotografia, que é de R$ 480,00.

O grupo é bastante seleto: Apenas 12 participantes no totale algumas das vagas já estão preenchidas. Veja só a programação abaixo:

  1.  Abertura
  2. Saída Fotográfica 1
  3. Criatividade
    • Habilidade de ver o comum e perceber o inusitado, o fantástico, o extraordinário
    • Todas as ações podem ser criativas
    • Criatividade é uma questão de perspectiva
    • Sempre teremos mais do que uma resposta correta
    • Transformar problemas em oportunidades
    • Não tenha medo de errar
  4. Coffee Break
    • Quebre os padrões
    • Exercite sua técnica
    • Você terá o que você desejar
  5. Composição Fotográfica
    • Movimento
    • Equilíbrio
    • Ritmo
    • Movimento, Equilíbrio e Ritmo
  6. Almoço – Incluído no valor desta edição do curso
    • Diversidade e Unicidade
    • Diálogo
    • Diagonal
    • Primeiro Plano
    • Perspectiva
    • Razão Áurea
    • Razão Áurea e a Regra dos Terços
    • Controle da Luz
      • Luz Suave
      • Luz Dura
      • Luz Difusa
    • Momento Decisivo
    • Exposição
  7. Coffee Break
  8. Saída Fotográfica II
  9. Análise das Fotografias
  10. Encerramento e entrega dos Certificados de Participação

A esta altura você deve estar se perguntando: Nossa, quanto conteúdo!!! Sim, tem bastante informação, e trabalhamos em um ambiente descontraído e fazendo o que gostamos de fazer: Fotografando, Sorrindo, Analisando Fotografias, Descobrindo novos Potenciais que podem – e devem – ser utilizados em nossas atividades do dia a dia, no trabalho, no desenvolvimento de projetos, na liderança de equipes, nos estudos, nas viagens e passeios. A Criatividade sempre engrandecerá toda e qualquer atividade que estejamos envolvidos.

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Cão Guia em momentos de reflexão

Se você chegou até aqui, é porque Criatividade e o Olhar na Fotografia também foi estruturado para você!

As vagas são preenchidas de acordo com as Inscrições que devem ser antecipadas:

Maiores informações através do Email: nonworkshop@etrauer.com

O pagamento pode ser feito em  através de depósito bancário no valor de R$ 480,00

Eduardo Trauer
Banco: Itaú – 341
Ag. 3759
CC: 10963-4

Encaminhar o comprovante por Email com seu Nome Completo, Telefone para Contato e, obviamente: seu Email para contato. Pode ser feito preenchendo o formulário no final deste Post.

[google1]

 

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Bolshoi em Florianópolis

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Luz Suave no Amanhecer

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Vossa Magestade: A Lua

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Gaivota em vôo magistral

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Nevoeiro na Mata Atlântica

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Sonhos de Criança

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Marta Brancher e a Gaya em dia de Festa

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Macaco Prego e suas Bananas

Captured by E.Trauer  || 一期一会

Pássaro e a Natureza Urbana em Florianópolis

Para maiores informações você pode preencher o formulário e terei o maior prazer em responder!