Bon Vivant

By Fine Art, Photo, TravelNo Comments

Bon Vivant

Outro momento mágico em Veneza. Peguei o segundo trem de Pádova para Veneza – perdi o primeiro – e às 07:51h registrei esta cena. O vento moldando os pelos da cabeça deste cachorro junto com o movimento da água deram o retoque que precisava na foto.
Esta embarcação acabara de passar sob uma das inúmeras pontes da cidade.
Várias situações acontecem por debaixo dessas pontes e um dia inteiro pode render cenas espetaculares e inéditas apenas ficando na ponte e registrando cada uma dessas cenas.
Uma das tarefas quando estamos selecionando as fotos tanto para uma Exposição quanto para uma Série é a escolha do nome da obra e, Bon Vivant foi a primeira sensação que senti ao observar a foto neste momento.

_________

O Papel utilizado nesta impressão foi o Museum Etching, da Hahnemühle, 350g/m2, 100% algodão. A textura nobre do Museum Etching – um papel cartão tradicional originalmente usado para técnicas de gravura em metal – e o branco natural da sua superfície, fazem deste papel o suporte ideal para imagens de cores suaves ou com degradês suaves de cinza.

Passe-partout Canson e Moldura Minuto integram a obra.

 

Riflessione

By Fine Art, Photo, TravelNo Comments

Riflessione

Eram 07:33h em Veneza. O amanhecer estava bonito [contrário do entardecer que contou com ventos e nuvens] e esta fotografia surgiu da integração de três fotos com a máquina apoiada no parapeito de uma das pontes com exposições sub e super expostas em 2 pontos além da fotometria equilibrada, sendo trabalhada em HDR [High Dynamic Range, ou Alto Alcance Dinâmico] e representa, basicamente, a quantidade de luz de diferentes intensidades que consegue ser gravada nas câmeras.
O alcance dinâmico das câmeras é bem diferente do alcance dinâmico do olho humano. Nós conseguimos ver inúmeros detalhes em uma paisagem integrando percepções do céu, nuvens, água, construções, árvores e plantas, mas a tecnologia das câmeras fotográficas não tem essa magnitude e temos que escolher dentre mostrar os detalhes das altas luzes, das baixas luzes ou dos meio tons. Quanto tiramos a mesma foto com exposições diferentes, praticamente no mesmo instante [faz-se uso do tripé ou de um apoio firme para não tremer/mover] e juntamos as três ou mais fotos através de softwares, conseguimos obter os detalhes nos diferentes extremos do alcance dinâmico e temos a foto em HDR.
Existem inúmeros efeitos possíveis, mais ou menos agressivos e o resultado pode ser bem interessante de acordo com o desejo e objetivo de cada um.
Nesta foto as exposições foram:
ISO 200 | 70mm |  f/5.6 | 1/40s    – exposição “correta”
ISO 200 | 70mm |  f/5.6 | 1/160s  – subexposta
ISO 200 | 70mm |  f/5.6 | 1/10s    – superexposta

_________

O Papel utilizado nesta impressão foi o Museum Etching, da Hahnemühle, 350g/m2, 100% algodão. A textura nobre do Museum Etching – um papel cartão tradicional originalmente usado para técnicas de gravura em metal – e o branco natural da sua superfície, fazem deste papel o suporte ideal para imagens de cores suaves ou com degradês suaves de cinza.

Passe-partout Canson e Moldura Minuto integram a obra.

 

Galileu Galilei

By Art, Fine Art, Photo, TravelNo Comments

Galileu Galilei

Padova, 13:32h do dia 26 de julho deste ano. Tinha acabado de passar na frente da casa de Galileu Galilei [por isso o nome desta fotografia] e caminhava na rua da Universidade quando percebo o olhar maravilhoso deste cachorro por detrás de uma das colunas. Eram várias colunas como a que aparece ao fundo.
Somente a cabeça do cachorro já foi motivo suficiente para tirar uma foto, mas na sequência percebi que havia uma perna e um tênis All Star compondo a cena. Perfeito momento e foto registrada. Fiz alguns clicks de acordo com a movimentação do cão e buscando não chamar a atenção do mesmo para não estragar e nem interferir na cena.
Depois segui em frente e mostrei a foto para a dona do cachorro, uma aluna desta Universidade em momento de descanso. Deixei meu cartão e segui em frente.

 

_________

O Papel utilizado nesta impressão foi o Museum Etching, da Hahnemühle, 350g/m2, 100% algodão. A textura nobre do Museum Etching – um papel cartão tradicional originalmente usado para técnicas de gravura em metal – e o branco natural da sua superfície, fazem deste papel o suporte ideal para imagens de cores suaves ou com degradês suaves de cinza.

Passe-partout Canson e Moldura Minuto integram a obra.

Luiza Brunet

By Fashion, Fashion, PhotoNo Comments

Luiza Brunet

Luiza Brunet .. uma mulher brasileira

“É difícil definir o que faz a Luiza Brunet ser uma bonita diferente, independente da sua competência como modelo ou empresária (ou sambista). É uma maneira inteligente de ser bonita que envolve a naturalidade e a simpatia, mas também tem a ver com o caráter múltiplo da sua beleza, com um corpo e um porte clássicos e, ao mesmo tempo, brasileiríssimos, com seu rosto para arrasar salão internacional, que não destoaria em quermesse do interior. E com o tempo a sua beleza ficou diferente de outra maneira, como uma forma de tranquila sabedoria. Mais do que apenas uma bonita brasileira, uma exemplar bonita brasileira” – Palavras de Luiz Fernando Veríssimo no prefácio do livro: Luiza Brunet: uma mulher brasileira

O que falar a mais desta pessoa MA.RA.VI.LHO.SA ..
A simpatia é inerente à sua personalidade e os momentos das fotos em setembro deste ano foram todos especiais.
_________

O Papel utilizado nesta impressão foi o Museum Etching, da Hahnemühle, 350g/m2, 100% algodão. A textura nobre do Museum Etching – um papel cartão tradicional originalmente usado para técnicas de gravura em metal – e o branco natural da sua superfície, fazem deste papel o suporte ideal para imagens de cores suaves ou com degradês suaves de cinza.

Passe-partout Canson e Moldura Minuto integram a obra.

Make Up: Rafael Senna
Equipe:
Amanda Sasso, André Luis Santos Meyer, Bianca Carminati, Bruno Pompeu, Dani Garlet, Diego Lima, Gabriele Dias, Gil Brandão, Gil Guzzo, Igor Viegas, Leid Botelho, Lígia Walper, Marcus Contin, Mariana Goulart, Melina Costa, Mylene Madeira, Sérgio Cidade, Wandeka Valeriano.

Danny Mendes

By Fashion, Fashion, Moda, PhotoNo Comments

Danny Mendes

Danny Mendes é brasileira e trabalha em Milão. Nesta foto para o Istituto Italiano di Fotografia e Istituto di Moda Burgo, Danny veste Yadira Capote e teve Make Up de Nadine Musacchio.

Começamos a fotografar às 18:47h e tivemos exatos 19 minutos para produzirmos os últimos 2 looks. O dia havia sido conturbado devido a instabilidade climática e o tempo não poderia ser desperdiçado. Não é uma roupa fácil de fotografar devido ao seu formato. Esta foto estava programada para ser produzida em externa, como estava chovendo fomos para uma garagem no subterrâneo. Ao mesmo tempo que o design limitava as possibilidades de fotos, também abria oportunidades para um registro mais ousado e com uma luz bem dura. A ideia foi espelhar a modelo e a roupa em uma sombra bem pronunciada resultante de um único refletor curto posicionado à esquerda da modelo trazendo um clima “vampiresco” inspirado pelo design do vestido.

O resultado ficou bem interessante e partimos para o próximo look.

O Papel utilizado nesta impressão foi o Museum Etching, da Hahnemühle, 350g/m2, 100% algodão. A textura nobre do Museum Etching – um papel cartão tradicional originalmente usado para técnicas de gravura em metal – e o branco natural da sua superfície, fazem deste papel o suporte ideal para imagens de cores suaves ou com degradês suaves de cinza.

Passe-partout Canson e Moldura Minuto integram a obra.

Èva Etzler

By Fashion, Fashion, PhotoNo Comments

Eva Etzler

Èva Etzler é uma bela modelo europeia que estava trabalhando para a Das Models de Milão, com seus lindos olhos verdes e 1,80 metros de altura e um profissionalismo sem igual. Durante esta foto, em Corvetto – Milão, no Istituto Italiano di Fotografia, Eva estava deslocando-se de uma locação para outra, pois o dia estava instável e havia começado a chover naquele exato momento. Enquanto deslocávamos para um estacionamento no subsolo, aproveitei o instante com luz natural para realizar esta foto.

Mesmo com um planejamento e roteiro de fotos a serem produzidas, devemos estar atentos às oportunidades e registrá-las no momento exato. Não é raro que as melhores fotos saiam durante os intervalos entre as fotos planejadas e capturam a espontaneidade deste momento.

Eva veste design de Yadira Capote do Istituto di Moda Burgo com Make Up de Carla Aledda.

Em produções com locação externa corremos sempre o risco de uma mudança climática e nem sempre o tempo e as empresas envolvidas podem esperar. As “cartas nas mangas” e o famoso “Plano B” sempre devem estar ao alcance das nossas decisões.

_________

O Papel utilizado nesta impressão foi o Museum Etching, da Hahnemühle, 350g/m2, 100% algodão. A textura nobre do Museum Etching – um papel cartão tradicional originalmente usado para técnicas de gravura em metal – e o branco natural da sua superfície, fazem deste papel o suporte ideal para imagens de cores suaves ou com degradês suaves de cinza.

Passe-partout Canson e Moldura Minuto integram a obra.

 

Izabel Goulart e Bob Sinclar

By Fashion, Fashion, Marketing, PhotoNo Comments

Izabel Goulart e Bob Sinclar

Izabel Goulart dispensa comentários, é uma pessoa fantástica e uma das grandes modelos internacionais, presentes no Monange Dream Fashion Tour [MDFT] etapa Florianópolis, em maio de 2011 ao som espetacular de Bob Sinclar que aparece ao fundo.

Izabel já fotografou com os principais fotógrafos de moda do mundo, dentre eles Terry Richardson, David Sims, Greg Kadel e Vicent Peters.
Foi um desfile único e, se não estou enganado, também o único comandado por Bob Sinclar.
Uma seleção de verdadeiros talentos desfilou na passarela:

Adriana Caye
Ana Beatriz Barros / dream girl
Ana Claudia Michels
Annelyse Schoenberger
Bruna Tenório
Bruna Traesel
Carol Demarchi
Carol Francischini
Fabiana Semprebom
Fernanda Motta
Guisela Rhein
Isabeli Fontana / dream girl
Izabel Goulart / dream girl
Josy Bortolanza
Juliana Martins
Juliana Imai
Karen Nuernberg
Lais Ribeiro
Liliane Ferrarezi
Marcelia Freesz
Nathalie Edenburg
Priscila Uchoa
Rhaísa Batista
Regina Krilow
Renata Kuerten / dream girl
Schynaider Garnero
Talytha Pugliesi
Victoria Grendene
Viviane Orth

“O Monange Dream Fashion Tour é um evento sofisticado que reúne toda harmonia contagiante da música com a estética fascinante do mundo da moda. Cultura pop, glamour, agitação e beleza criam uma experiência sem igual e possui um distinto formato itinerante. Ele viaja com toda a sua deslumbrante estrutura por vários estados brasileiros. O MDFT é organizado pela Mega Model em parceria com a Rede Globo e tem o patrocínio de Monange.” Fonte: monangedreamfashiontour.globo.com/evento

_________

O Papel utilizado nesta impressão foi o Museum Etching, da Hahnemühle, 350g/m2, 100% algodão. A textura nobre do Museum Etching – um papel cartão tradicional originalmente usado para técnicas de gravura em metal – e o branco natural da sua superfície, fazem deste papel o suporte ideal para imagens de cores suaves ou com degradês suaves de cinza.

Passe-partout Canson e Moldura Minuto integram a obra que fez parte da Exposição de Fotografias Fine Art “Momenti

 

 

Juliana Imai

By Art, Fashion, Fashion, Fine Art, Marketing, PhotoNo Comments
Juliana Imai

Juliana Imai

A belíssima Juliana Imai desfilou para o Monange Dream Fashion Tour [MDFT] no dia 08 de maio de 2011 em Florianópolis. A organização de passarela e iluminação estavam impecáveis. Assim como em desfiles na Itália, a temperatura de cor já mensurada é repassada aos fotógrafos e ajuda bastante na qualidade das imagens.
Neste tipo de registro fotográfico é fundamental estar atento aos detalhes e às expressões das modelos para capturar a emoção do momento aliada ao objetivo da foto que geralmente está voltada para mostrar detalhes dos figurinos. Como este desfile é um pouco diferente dos desfiles de moda de marcas,  o MDFT é uma abordagem mercadológica da Monange, tornando o clima de festa bastante intenso.

_________

O Papel utilizado nesta impressão foi o Museum Etching, da Hahnemühle, 350g/m2, 100% algodão. A textura nobre do Museum Etching – um papel cartão tradicional originalmente usado para técnicas de gravura em metal – e o branco natural da sua superfície, fazem deste papel o suporte ideal para imagens de cores suaves ou com degradês suaves de cinza.

Passe-partout Canson e Moldura Minuto integram a obra.

 

Cavalera

By Art, Fashion, Fashion, Fine Art, Marketing, PhotoNo Comments
 Cavalera
Cavalera

O registro fotográfico durante Desfiles de Moda, também conhecidos como Fashion Shows, exigem muita atenção do fotógrafo e integração do mesmo com o ambiente. Cada desfile de marca possui as características peculiares que vão desde ambientações no espaço da passarela até iluminação personalizada e direcionamentos nas entradas dos(as) modelos. Neste desfile da Cavalera que aconteceu no dia 26 de agosto de 2011 no Donna Fashion / Iguatemi, a abertura deu-se com uma apresentação belíssima de dança com performance da Clara Sommacal da então Ford Models e, na sequência, a entrada sem iluminação direta do modelo.
Nesta hora temos que pensar e agir muito rápido, pois até então, as configurações da câmera estão preparadas para a iluminação de passarela. Como percebi a ausência de luz aumentei a ISO e reduzi um pouco a velocidade de captura buscando registrar a silhueta do modelo. O ponto chave – que contamos com a sorte da posição no PIT, foi a perspectiva que possibilitou enquadrar o chapéu integrado à marca projetada no painel do fundo – momento unicamente possível naquele instante.

_________

O Papel utilizado nesta impressão foi o Museum Etching, da Hahnemühle, 350g/m2, 100% algodão. A textura nobre do Museum Etching – um papel cartão tradicional originalmente usado para técnicas de gravura em metal – e o branco natural da sua superfície, fazem deste papel o suporte ideal para imagens de cores suaves ou com degradês suaves de cinza.

Moldura Minuto integra a obra.

 

Green Rooster

By Art, Exhibition, Fine Art, PhotoNo Comments

Greenrooster

O Galo Vermelho é o símbolo da marca Hahnemühle (moinho do galo) – o Galo Verde (Green Rooster), por sua vez, representa a consciência ecológica da empresa. No site www.green-rooster.com encontra-se a documentação do compromisso Hahnemühle com o meio ambiente. Como fabricantes de papel, os termos de sustentabilidade e ecologia não representam apenas conceitos, mas são práticas diárias da empresa.
Há mais de quatro séculos que a Hahnemühle utiliza água pura de fonte para a fabricação de seus papéis. As matérias primas (celulose e fibras de algodão) procedem de produções sustentáveis. Os papéis Bamboo e Sugar Cane são fabricados a partir de recursos renováveis: fibras de bambu de crescimento rápido e bagaço de cana, resultante do processamento da cana-de-açúcar. Desde 2009 que a Hahnemühle utiliza energia ecológica na fabricação de papel.
Uma parte dos benefícios das vendas dos papéis com o selo Green Rooster é doada regularmente a projetos ambientais.
Fonte: Catálogo Coleção Digital FineArt Hahnemühle